UNILA: Balanço da greve será apresentado em assembleia amanhã

0

Exatos 15 dias depois do início da greve, técnico-administrativos da UNILA se reúnem nesta sexta-feira, 12, para avaliar as atividades e traçar novos rumos da paralisação. A assembleia ordinária será no auditório da unidade do Jardim Universitário (Uniamérica), a partir das 8h30.

Um dos principais pontos da pauta será a discussão sobre a convocação dos representantes da categoria no Conselho Universitário, para que participem de um encontro com os TAEs na próxima semana. Como já vem sendo debatido amplamente desde o início da mobilização, o modelo paritário do Consun, com representação em igual percentual por parte de discentes, docentes e técnico-administrativos, vem sendo colocado em xeque. Preocupados como este contexto, que coloca em risco o próprio projeto original da universidade, os técnicos querem garantir que os seus representantes no Consun tomem decisões de acordo com o que deseja a categoria. Por isso, a convocação.

Tema dos mais relevantes, a paridade tem mobilizado não apenas os TAEs, mas toda a comunidade unilera. No caso dos discentes, o assunto será debatido na mesa-redonda Reforma Universitária e Paridade, prevista para o dia 16, e Análise de Conjuntura e mobilização, que acontece em 19 de junho, data em que ocorre a próxima reunião ordinária do Conselho Universitário. Para garantir a amplitude dos debates, os discentes convidaram os técnicos a compor a mesa e participar das discussões. A aceitação deste convite e a escolha do representante que comporá a mesa também ocorrem na assembleia desta sexta. Outra apreciação que deverá ser feita pelo conjunto é a participação de um representante dos TAEs na assembleia da Adunila, órgão representativo dos docentes.

Mobilização dos servidores (as) da UNILA no dia 1º de junho, em Foz do Iguaçu. Categoria mostra força na greve.

 Greve

Em relação à greve, a assembleia de sexta-feira terá como fim atualizar a categoria sobre os avanços conquistados desde o dia 29. Entre eles, está a entrega formal, à Reitoria, do documento com a pauta local de reivindicações, que aconteceu na terça-feira, 9. O ato de entrega foi feito pelo Comando de Greve ao vice-reitor, Nielsen de Paula Pires. Ao final do encontro, surgiu a intenção de manter uma Plenária com  a participação da Reitoria, para a discussão da pauta local. A organização dessa Plenária será colocada em votação também nesta sexta-feira.

À lista de itens da assembleia deste dia 12 consta ainda discutir sobre a criação de um grupo de trabalho para redigir uma minuta relacionada ao adicional de fronteira; avaliar a moção de apoio à greve no Consun, enviada por um dos conselheiros, e a aprovação das atividades que serão desenvolvidas na próxima semana.

Fonte: Blog Greve UNILA 2015

Compartilhar.

Autor

Leave A Reply

X