STJ reconhece a legalidade da greve e impõe prazo de 10 dias para que o governo negocie

0

O Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Napoleão Nunes Maia, validou no dia 09 de junho a legalidade da greve dos servidores federais em educação. O ministro também determinou que o Ministério da Educação e o Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão negociem e apresentem propostas concretas à categoria num prazo de até 10 dias.

Acesse AQUI o documento.

Compartilhar.

Autor

Leave A Reply

X