Sindicatos de seis estados brasileiros aprovam estado de greve

0

Reforma da previdência, ajuste fiscal, ataques ao serviço público, cortes nos orçamentos das universidades federais. São inúmeras as pautas dos sindicatos que recentemente aprovaram, em assembleias da categoria, o estado de greve. Até o momento, profissionais de seis sindicatos que compõem a base da FASUBRA estão com as suas atividades suspensas em protesto à atual conjuntura.

Em Minas Gerais, técnicas e técnicos administrativos da base do SINDIFES estão paralisados desde o dia 22 de agosto, segunda-feira. Em Goiás, servidoras e servidores da Universidade Federal de Goiás (UFG), Instituto Federal de Goiás (IFG), Instituto Federal Goiano (IF) e do Hospital de Clínicas da UFG também aderiram ao movimento grevista.

Endossam as greves locais, trabalhadores (as) da Universidade Federal do Piauí e da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, bem como TAE’s da Universidade Federal da Grande Dourados, no Mato Grosso do Sul, que aprovaram o indicativo de greve em assembleia realizada no dia 13 de agosto.

om64

FASUBRA

O calendário de greve geral para todas as bases da FASUBRA – incluindo o Sinditest-PR – ainda não foi definido. A entidade informa que a data será estabelecida na reunião ampliada do Fórum dos Servidores Públicos Federais, prevista para o dia 14 de setembro.


Crédito da Imagem: Fasubra/ Assufrgs
Assessoria de Comunicação e Imprensa do Sinditest-PR

Compartilhar.

Autor

Leave A Reply

X