Nota de repúdio a ato de racismo sofrido por estudante da Unila

0

O Sinditest-PR repudia e pede providências às autoridades competentes em relação ao ato de ódio e racismo que sofreu, diretamente, o estudante de Administração Pública e Políticas Públicas, o haitiano Getho Mondesir, da Unila, que indiretamente atinge a todos nós.

7

O estudante foi covardemente agredido, espancado, por um grupo que teve como única motivação o ódio pelo que ele representa. Getho não reagiu e, mesmo com pouco domínio da língua portuguesa, tentou iniciar um diálogo com o grupo, sem conseguir respostas, a não ser a intensificação das agressões e ofensas.

Esse ato de intolerância e de racismo é um atentado aos direitos humanos e à Constituição Federal.

O sinditest repudia veementemente esse ato e espera que a UNILA tome providências acerca desse fato, bem como adote políticas que de fato combatam o racismo dentro da Insituição Universitária.

Compartilhar.

Autor

Leave A Reply

X