GT dos Aposentados apresenta demandas à reitoráveis da UFPR

0

um37

Os professores Marcos Sunyê e Andrea Caldas, candidatos a reitor e vice-reitora da UFPR, respectivamente, participaram da reunião do Grupo de Aposentados do Sinditest para ouvir as demandas da categoria e apresentar propostas de ação. Assim como ocorreu neste encontro do grupo agora em julho, a outra candidatura composta pelos docentes Ricardo Marcelo Fonseca, candidato a reitor, e Graciela Muniz, a vice-reitora, terão igual oportunidade na reunião de agosto, de discutir com os aposentados as reivindicações dos servidores aposentados.

A aposentada Glaci Schluga defendeu uma definição nítida de critérios para ingresso na UAM , pois considera que atualmente a “seleção é discriminatória”. A candidata à vice-reitora ressaltou que a Universidade Aberta tem estrutura para ampliar as atividades, incorporar novos programas que atendam técnicos administrativos e docentes, além de permitir que os diferentes perfis de alunos tenham oportunidade de serem capacitados como instrutores.

Bolsa Sênior

Com relação à bolsa sênior, a reivindicação da categoria é por uma maior valorização desses profissionais, que mesmo depois de aposentados, atuam na UFPR. A bolsa sênior, inicialmente criada para que os bolsistas repassassem aos novos servidores a experiência adquirida ao longo dos anos, atualmente está desvirtuada. Isto porque, recai sobre os seniores um trabalho, muitas vezes, superior ao que faziam quando estavam na ativa, de grande responsabilidade, e o que é pior, sem o devido reconhecimento e valorização, não apenas humana, mas também financeira, destacaram os aposentados.

Andrea Caldas afirmou ser fundamental a presença dos seniores na UFPR. No entanto, disse que é necessária uma ampla revisão no programa que atende este público, com uma maior flexibilização e isonomia.

um38

Sunyê: “A universidade recebe R$20 milhões todo ano só para capacitação, a ideia é que a PROGEPE seja fomentadora e não executora desse orçamento”.

Festa Julina

Como não só de política e de luta é feita a vida dos aposentados, eles aproveitaram a reunião deste mês para se divertirem na Festa Julina organizada pelo Sinditest. Teve de tudo um pouco: pontos pipoca, pinhão, bolos variados, salgados, quentão, doces típicos, tudo isso servido no arraia montado especialmente para a data.

Compartilhar.

Autor

Leave A Reply

X