Centrais sindicais convocam para 29 de maio novo Dia Nacional de Paralisação e Manifestações rumo à Greve Geral

0

Dia 29 de maio é Dia Nacional de Paralisação e Manifestações. A data, definida em reunião realizada nesta quarta-feira (6) em São Paulo, está sendo convocada pelas centrais sindicais CSP-Conlutas, CTB, CUT, Intersindical-CCT, UGT e Nova Central.

As bandeiras de luta são contra o projeto de lei 4330, que institucionaliza a terceirização no país, as medidas provisórias 664 e 665, que atingem o seguro-desemprego, o auxílio-doença e aposentadorias, o ajuste fiscal e em defesa dos direitos e da democracia.

Há consenso entre essas entidades de que para barrar os ataques do governo e do Congresso Nacional aos direitos trabalhistas é preciso colocar os trabalhadores na linha de frente dessa batalha. Para isso, a unidade dos que representam a classe trabalhadora é fundamental.

No dia 15 de abril o sidicato esteve nas ruas de Curitiba! Paralisação Nacional contra o PL 4330!

Estão previstas mobilizações em diversos setores estratégicos do país. O objetivo é repetir e ampliar as paralisações, manifestações e atos que ocorreram no último dia 15 de abril, também convocado por essas entidades, em que milhares de trabalhadores atenderam ao chamado de luta e pararam o Brasil.

Na avaliação da CSP-Conlutas, os trabalhadores demonstram disposição de ir às ruas. Segundo o dirigente Atnágoras Lopes, presente à reunião, em quase todos os estados da federação houve atrasos, bloqueios de vias, greves, paralisações e manifestações unitárias em protesto contra a terceirização e a retirada de direitos. “Vamos repetir e ampliar essas lutas, rumo à Greve Geral”, reforçou, defendendo a necessidade da Greve Geral.

Estavam presentes na reunião pela CSP-Conlutas Atnágoras Lopes e Luiz Carlos Prates, o Mancha.

Plenária ampliada – Na próxima segunda-feira (11) está sendo convocada uma plenária com a participação, além das centrais sindicais, dos movimentos sociais e populares para organizar ações conjuntas no dia 29. A reunião ocorrerá na sede da UGT, em São Paulo, às 10h.

*foto Adriana Possan

Fonte: CSP-Conlutas

Compartilhar.

Autor

Leave A Reply

X