28 de Abril é dia de luta contra acidentes e doenças do trabalho

111

Esta terça-feira (28) é o Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho. É importante enaltecer essa data em meio às mobilizações contra a precarização dos trabalhadores, com a aprovação da PL 4330, que prevê a regulamentação e ampliação da terceirização, que é sinônimo de mortes e acidentes de trabalho.

De acordo com a Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), em cada dez acidentes de trabalho, oito ocorrem em empresas que utilizam mão de obra terceirizada. Segundo o último anuário do Ministério do Trabalho e Emprego em 2013, foram registrados 717.9 mil acidentes de trabalho, mais de 2.700 mil mortes e outros 14. 837 trabalhadores ficaram incapacitados devido a acidentes do trabalho.

Terceirização é sinônimo de doença e morte do trabalhador 

Se já não bastasse o número elevado deste exército de lesionados e mortos nos locais de trabalho ser em sua maioria de terceirizados, o Projeto de lei PL 43302004 vai piorar esta situação e multiplicar estas estatísticas, denúncia o Setorial de Saúde do Trabalhador da CSP-Conlutas.

De acordo com o Setorial, este número absurdo de acidentes com terceirizados advêm da falta de fornecimento de equipamento de segurança e proteção para os trabalhadores (EPI), das péssimas condições de trabalho, tratamento diferenciado, falta de treinamento e falta de investimentos com a segurança.

Além das doenças físicas, há ainda as doenças causadas pelos transtornos mentais, excesso de trabalho e o assédio moral. Há também as doenças causadas pela manipulação de produtos químicos e agrotóxicos usados nas empresas e na agricultura. Somado ao trabalho em serviços com algum grau de ergonomia, a exemplo dos motoristas ou nas linhas de produção, tem feito com que os trabalhadores convivam com uma verdadeira epidemia de doenças contraídas nos locais de trabalho.

Com a liberação da terceirização, mais de 37 milhões de trabalhadores, hoje com contratos diretos das empresas, podem estar sujeitos à terceirização o que aumentará ainda mais o número de precarizados que, além dos salários e benefícios reduzidos pela metade, ainda terão aumentados os riscos de vir a fazer parte desta triste estatística de mortes e acidentes no trabalho.

MPs de Dilma também atacam trabalhadores doentes que precisam se afastar

Outro ataque para além da possível ampliação da terceirização com a aprovação do PL 4330 está a medida provisória 664 que Dilma implementou dois dias antes de sua posse. A partir de agora, quem vai avaliar se o trabalhador tem ou não a necessidade de ficar afastado por doenças e acidentes do trabalho é o médico da empresa.  A estabilidade no emprego de um ano por acidente passará a valer só depois de 30 dias, isto se o médico da empresa conceder o benefício que até então era a cargo dos médicos do INSS. Caso esta medida se mantiver, pouquíssimos trabalhadores vão conseguir se afastar para cuidar de suas enfermidades.

Fiscalização nos locais de trabalho é precária 

Os fiscais do Ministério do Trabalho são quem poderiam auxiliar para impedir as condições precárias das fábricas e empresas, com fiscalizações periódicas. Segundo o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais (SENAIT), o número de fiscais hoje é ineficiente. Seria preciso no mínimo 800 mil fiscais para suprir a demanda que hoje opera com apenas 2.700 técnicos, sem nenhuma perspectivas de aumento desse número.

É preciso lutar e dar um basta! 

É contra esses ataques que neste dia 28 de abril, quando em todo mundo se discute formas de acabar com tantas doenças e acidentes do trabalho, que o setorial de saúde organiza atos em alusão à data.

Em São Paulo, no Vale do Paraíba, os trabalhadores organizados pelo Setorial de Saúde do Trabalhador da CSP-Conlutas do Vale do Paraíba, juntamente com o   Fórum Sindical e Popular do Vale do Paraíba, composto por diversas entidades do movimento sindical e popular, realizará um ato, às 10h, na praça Afonso Pena em São José dos Campos,  de onde sairão rumo à sede do Ministério do Trabalho e Emprego.  Na ocasião será protocolado um documento questionando os ataques do governo e exigindo mais fiscais do trabalho.

Em Fortaleza (CE), a CSP-Conlutas CE realiza  paralisação dos trabalhadores da construção civil que são os que mais sofrem com as mortes em acidente de trabalho. De acordo com levantamento realizado pelo Ministério da Previdência Social, a construção civil ainda é um dos setores da economia responsáveis pelos maiores índices de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho. Mais de 61 mil trabalhadores sofreram algum tipo de acidente nos canteiros de obras, durante o ano de 2013.

Neste dia 28 vamos exigir dos governos Federal, estaduais e municipais um basta às doenças e mortes dos trabalhadores. Vamos dizer não à PL 4330 e as MPs d0 664 e 665 de Dilma que irão aprofundar ainda mais esses alarmantes números de mortes e doenças nos locais de trabalho.

*Com informações de Joaquim Aristeu da Silva, do Setorial de Saúde do Trabalhador

Fonte: CSP-Conlutas

Compartilhar.

Autor

111 Comentários

  1. Pingback: priligy reviews

  2. Pingback: how to dispose of albuterol

  3. Pingback: hydroxychloroquine for coronavirus prophylaxis

  4. Pingback: cost of generic hydroxychloroquine

  5. Hi there, I discovered your website by the use of Google whilst looking for a similar matter, your website came up,
    it seems great. I have bookmarked it in my google bookmarks.

    Hello there, just became aware of your weblog thru Google, and found that it is really informative.
    I’m going to watch out for brussels. I will be grateful
    in case you continue this in future. A lot of people shall be
    benefited out of your writing. Cheers! http://hydroxychloroquined.online/

  6. Definitely consider that which you stated.
    Your favourite justification appeared to be at the
    web the easiest thing to take into accout of.
    I say to you, I certainly get irked even as other people think about concerns that
    they just do not recognise about. You managed to hit the nail
    upon the top and defined out the entire thing with no need side-effects
    , people could take a signal. Will probably be
    again to get more. Thank you http://cleckleyfloors.com/

  7. Pingback: best way to use ivermectil

  8. Pingback: buy stromectol

  9. Pingback: is dapoxetine available in generic

  10. Pingback: deltasone antibacterial 20mg

  11. Pingback: stromectol treat std

  12. Pingback: stromectol for tonsillitis

  13. Pingback: stromectol 875 for roundworm

  14. Pingback: cost of ivermectin

  15. Pingback: ivermectin tablets over the counter

  16. 818980 180747Hi there, just became aware of your weblog by way of Google, and identified that it is really informative. Im gonna watch out for brussels. Ill be grateful in the event you continue this in future. Several men and women will likely be benefited from your writing. Cheers! 198269

  17. Pingback: ivermectin for acne

  18. With havin so much content and articles do you ever run into any
    issues of plagorism or copyright violation? My site has a lot of completely unique content I’ve either authored myself or
    outsourced but it looks like a lot of it is popping it up all over
    the internet without my permission. Do you know any solutions to help
    prevent content from being ripped off? I’d really appreciate it. http://herreramedical.org/vidalista

  19. Pingback: ivermectin 3 mg tablet

  20. Pingback: ivermectin dose for scabies

  21. Pingback: how much is viagra in mexico

  22. Pingback: prices for viagra prescription

  23. Pingback: canada online pharmacies

  24. Pingback: hydroxychloroquine for sale canada

  25. Pingback: buy viagra over the counter usa

  26. Pingback: soolantra for sale online

  27. Pingback: best over the counter viagra pill

Leave A Reply

X