Terceirizados do HC param na segunda-feira

0

a35

Cerca de 300 trabalhadores da empresa terceirizada Hamirisi, responsável pelos serviços de limpeza e cozinha do Hospital de Clínicas, vão cruzar os braços a partir de segunda-feira, 10, por tempo indeterminado. A decisão foi tomada por unanimidade nesta sexta, 07, em assembleia da categoria.

O motivo é o atraso no pagamento dos salários que, segundo uma funcionária, já aconteceu pelo menos três vezes desde o mês de março. Em agosto, a Hamirisi recebeu apenas 30% dos repasses do HC. Por sua vez, os funcionários receberiam apenas 30% dos salários. O resto seria pago no decorrer do mês. “É uma coisa muito solta”, diz João Geronimo Filho, tesoureiro do Siemaco, o Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação de Curitiba. Segundo ele, os atrasos têm acontecido não apenas no HC, mas também em outras empresas públicas, como os Correios.

Geronimo também reclama da falta de informações por parte da direção do hospital. Dessa forma, os funcionários não sabem a que se deve a falta de repasses. “A direção não procurou a gente, ninguém veio nem mesmo à reunião de hoje.” A assembleia aconteceu em uma sala dentro do próprio HC.

Os atrasos não se restringem apenas aos salários, mas também incluem benefícios, como o vale-transporte. “A gente precisa se virar com o que tem, trabalhar por fora, de diarista”, reclama Fátima dos Santos, funcionária da Hamirisi.

Sandoval Matheus,
Assessoria de Comunicação do Sinditest-PR.

Compartilhar.

Autor

Leave A Reply

X