Pressionado pela greve, governo propõe 21,3% de reajuste plurianual; servidores criticam a proposta rebaixada

0

negociadilma (1)Perto de completar um mês de greve a governo federal trouxe índices rebaixados para a mesa de negociação realizada ontem (25) entre o Fórum dos Servidores Públicos Federais e o MPOG. Os reajustes ficariam distribuídos em 5,5% (2016); 5% (2017); 4,75% (2018) e 4,5% (2019).

Conforme comunicou o Banco Central, um dia antes da reunião (24), a inflação oficial para 2015 será de 9%. Em nota a FASUBRA divulgou que as entidades se pronunciaram na reunião criticando firmemente a proposta extremamente rebaixada trazida pelo Governo.

Para Gibran Jordão, coordenador da FASUBRA, a proposta representa na verdade uma corrosão salarial nos próximos anos. “As perdas vão aumentar e consequentemente nosso trabalho será ainda mais desvalorizado. O governo está propondo que o funcionalismo aceite trabalhar ganhando menos nos próximos anos”, critica.

Além disso, segundo Larissa Gisy, diretora do Sinditest e coordenadora da FASUBRA, o governo não apresentou nenhuma outra proposta de reajuste de benefício e também ainda não sinalizou nenhuma negociação com relação à integralidade da pauta da FASUBRA.

Hoje em Brasília o Comando Nacional de Greve fará uma reunião de avaliação. Larissa defende que é insatisfatório o que o governo mostrou e que no fundo se trata de uma manobra para enfraquecer o movimento. “Previamente já deu pra sentir, pelas reações da base, como essa proposta é muito rebaixada. A gente tem estranhado o governo ter apresentado essa proposta, sendo que o orçamento fecha em agosto. O que a gente tem avaliado é que como a nossa greve está muito forte, a greve do ANDES está crescendo, tem outras categorias sinalizando greve, indicando greve, a própria justiça, a FENAJUFE, está em greve, que isso é uma tentativa do governo de barrar esse processo de entrada na greve do conjunto dos SPFs”.

Dia 07 de JULHO: Vem pra CARAVANA de GREVE do SINDITEST!

Foi marcada para o dia 07 de julho nova reunião de negociação entre o Fórum dos SPFs e o MPOG.  No mesmo dia ocorrerá um grande Ato Nacional em Brasília para pressionar o governo a de fato negociar.

Quem ainda não está na CARAVANA do SINDITEST deve ligar ou comparecer no sindicato e deixar nome, telefone e RG na secretaria.


VEM PRA GREVE!
Quem Luta, Educa!

*Com informações da FASUBRA Sindical

Compartilhar.

Autor

Leave A Reply

X