Novembro Azul: mês de prevenção do câncer de próstata!

0

om54

Filiados e filiadas do SINDITEST já devem ter reparado: o nosso site está azul! A cor é símbolo da campanha mundial ‘Novembro Azul’, voltada para a conscientização das doenças masculinas e, principalmente, para a prevenção do câncer de próstata. Falar sobre o assunto ainda é um tabu entre os homens, que resistem à realização de exames preventivos por desinformação ou preconceito.

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino, que endurece quando há presença de câncer.  Cercado de mitos, o procedimento de toque retal, indicado para o rastreamento da doença, é simples, indolor e rápido – dura menos do que 15 segundos. Ela também pode ser diagnosticada através de um exame de sangue específico, que analisa a dosagem de PSA – Antígeno Prostático Específico. O teste sanguíneo é complementar e não substitui o toque retal.

O diagnóstico precoce, quando a doença ainda não apresenta os sintomas, aumenta as chances de cura do carcinoma, que atinge principalmente a população com mais de 65 anos. Na fase inicial, este tipo de câncer costuma ser silencioso e assintomático. Em 95% dos casos, sintomas como dificuldade para urinar, sangue na urina ou no sêmen, disfunção erétil e dor nos testículos, só aparecem quando a doença já está em estágio avançado. Até o fim deste ano mais de 60 mil brasileiros serão diagnosticados com o tumor maligno. Deixe o preconceito de lado e faça os exames!

Tratamento

A recomendação é que os exames preventivos sejam realizados anualmente a partir dos 50 anos ou dos 45 se houver caso na família. O tratamento empregado – cirurgia, radioterapia, hormônioterapia, quimioterapia e vacinas, por exemplo – vai depender da idade do paciente, sua tolerância aos efeitos colaterais, do estágio e da agressividade da doença.  Apesar da alta mortalidade, o câncer de próstata é altamente curável quando detectado no início. A urologia é a especialidade médica recomendada para tratar este mal.

Prevenção

O principal fator de risco para este tipo de câncer é a idade. Homens afrodescendentes e com histórico da doença na família também devem ficar mais atentos aos ‘sinais’ do corpo. Hábitos saudáveis ajudam a prevenir o surgimento do cancro.

Sintomas:

·         Micção frequente

·         Fluxo urinário fraco ou interrompido

·         Impotência

·         Vontade de urinar frequentemente à noite

·         Sangue no líquido seminal

·         Dor ou ardor durante a micção

·         Fraqueza ou dormência nas pernas ou pés

·       Perda do controle da bexiga ou intestino devido a pressão do tumor sobre a medula espinhal.

Se a doença se disseminou, o homem pode apresentar sintomas como dor nas costas, quadris, coxas, ombros ou outros ossos. Procure um urologista!

Câncer de Próstata em números

61.200 novos casos

13.772 mortes

10% do total de cânceres em homens

66 anos: média de idade do diagnóstico

87% dos homens apontam o preconceito com os exames retais como o fator que mais atrapalha a prevenção da doença

20% dos pacientes portadores de câncer de próstata ainda são diagnosticados em estágios avançados

Fonte: INCA e SBU

Silvia Cunha
Assessora de Comunicação e Imprensa Sinditest-PR

Compartilhar.

Autor

Leave A Reply

X