Extremistas de direita ameaçam comunidade universitária

Há quase um mês após o massacre de Suzano, quarta-feira, dia 10/04/2019, fomos surpreendidos na UFPR com a divulgação de ameaças à comunidade universitária por grupos extremistas e a evacuação do prédio histórico da Praça Santos Andrade.

No último período percebemos uma crescente criminalização, com apoio do atual governo, dos movimentos sociais e dos espaços educacionais como a universidade, pois esses são espaços onde se fomenta o amplo debate de ideias, a diversidade, algo que é inadmissível para esses grupos racistas e extremistas de direita. Infelizmente este cenário tende a piorar.

De acordo com informes da própria administração da Universidade, as unidades de segurança federal (ABIN, Polícia Federal, entre outros) já foram acionadas. A atual orientação é manter as atividades até segunda ordem.

A direção do Sinditest-PR se propõe a estar junto com a Reitoria da UFPR e demais entidades representativas das categorias e colaborar da melhor maneira para garantir a segurança para todos os membros da comunidade universitária.