Categoria aprova continuidade da greve e ato no dia 05

0

Após ser surpreendida pelo cancelamento da greve geral no início da assembleia, a base do Sinditest decidiu por manter o ato do dia 5 de dezembro e aprovou a realização de uma assembleia para avaliação da greve no dia 6. As deliberações ocorreram na assembleia geral da manhã desta sexta-feira (1º), no pátio da Reitoria da UFPR.

Quando os informes haviam acabado de começar, a direção do Sinditest recebeu por Whatsapp a notícia de que a greve geral havia sido cancelada, em uma reunião virtual com a cúpula de algumas centrais sindicais – a CSP Conlutas, à qual o Sinditest é filiado, não foi convidada para o encontro. O repasse da “bomba” foi feito à base, que se pôs a discutir quais rumos tomar.

Depois de várias inscrições e debate de ideias, a base aprovou por unanimidade que fosse mantido o ato da terça-feira, 5 de dezembro, na Praça da Mulher Nua, às 9h. E para a quarta-feira (6), a realização de nova assembleia geral para avaliação da greve e do ato da véspera.

Na visão da direção do Sinditest, as centrais sindicais que cancelaram a greve decidiram recuar porque o governo adiou a votação da Reforma da Previdência, que estava marcada para o dia 6. “Mas este não é um recuo estratégico, não é um recuo tático. É uma capitulação! Nós não vamos abaixar a cabeça neste momento, que é o que eles querem que a gente faça. Vamos manter a nossa greve até o dia 6 e mostrar a nossa resistência!”, afirmou a coordenadora de Comunicação e Imprensa, Carla Cobalchini.

Hospital de Clínicas

Na segunda-feira (4), será realizada uma assembleia para os trabalhadores e trabalhadoras do Hospital de Clínicas (HC), às 10h30, na sala 2, para a discussão da greve e do recesso de fim de ano. Participe!

Compartilhar.

Autor

Leave A Reply

X