À luta! Ato contra o aumento da passagem e criminalização das lutas é reprimido em SP

677


Ao menos 10 mil pessoas compareceram ao segundo ato contra o aumento da passagem realizado nesta sexta-feira (16), em São Paulo que, assim como o anterior, foi marcado por muita violência por parte da polícia. A manifestação concentrou-se na praça do Ciclista, Paulista, e teria como trajeto a  Rua da Consolação, a sede da Prefeitura e a Secretaria dos Transportes. Entretanto, a violência policial não permitiu que o ato cumprisse seu destino final.

Já na Prefeitura, a PM começou a disparar bombas contra os manifestantes desarmados. Novamente balas de borracha, spray de pimenta e violência. Ao menos oito pessoas foram presas.

Durante todo trajeto o protesto foi tensionado com ações da PM (veja aqui), que isolava quem considerasse “suspeito” para averiguação e possível apreensão. Há relatos do Movimento Passe Livre (MPL) de que uma pessoa foi levada, pois portava uma roda de skate na mochila.


A manifestação contou com projeções na fachada da prefeitura que parodiavam letras de música e incitavam palavras de ordem contra a tarifa. Uma imagem com o prefeito da cidade e as palavras “Je suis catraca” em tradução livre “eu sou catraca” arrancou muitos aplausos dos manifestantes. Com um megafone, um militante falava e outros milhares repetiam as reivindicações contra o aumento, alertavam que a cidade continuaria se mobilizando até a revogação do aumento.

A Assembleia Nacional de Estudantes Livre (Anel) e diversos outros movimentos de esquerda participaram do ato e  marcaram protestos em diversos estados e classificaram a data como Dia Nacional de Lutas contra o aumento da passagem e repressão. Em São Paulo,  a estudante Letícia Alcantara, da Anel, destacou  o caráter nacional com atos em diversas outras capitais e cidades do interior. “Esse ato é uma resposta à repressão. Vamos dizer que a gente quer a redução da tarifa e, para além disso, a manifestação é um direito, queremos estar na rua, sem repressão da polícia”.

A Anel declarou nas redes que considerou “inadmissível a repressão hoje no ato em São Paulo. Haddad e Alckmin transformaram o centro de São Paulo num palco de guerra. Mais uma vez há ativistas presos e feridos. A repressão não vai nos calar. Não aceitaremos o aumento das tarifas! Estamos na rua em defesa do Passe Livre nacional!”.

A atividade contou com a participação de trabalhadores organizados pela CSP-Conlutas, Movimento Mulheres em Luta, Quilombo Raça e Classe, bem como do Sindicato dos Metroviários de São Paulo, entre outras entidades.

Além de São Paulo, também houve protestos pelo Dia Nacional de Lutas contra o aumento da passagem e repressão em São José dos Campos, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Fortaleza, Aracaju, Florianópolis, Vitória e atividades em Porto Alegre, Manaus e Juiz de Fora.

A próxima manifestação contra o aumento da passagem em São Paulo será terça-feira (20), na Praça Silvio Romero, Tatuapé.

Fonte: CSP-Conlutas

Compartilhar.

Autor

677 Comentários

  1. Pingback: free dating sites in denmark

  2. Услуги аналитического психолога, психотерапевта.
    Психологи онлайн Цены на услуги и консультации психолога.
    Консультация и лечение психотерапевта (психолога) Консультация Психолога – Профессиональная
    поддержка. Консультация
    психолога. Психотерапия онлайн!
    Консультация у психологов.

  3. Proper drink of stromectol sales. stromectol 3 mg posologie is paramount captivated as a single dose with a generous eyeglasses (8 ounces) of damp on an deserted stomach (1 hour to come breakfast), unless otherwise directed through your doctor. To forbear certain up your infection, decide this medicine systematically as directed. Your doctor may desire you to take another dose every 3 to 12 months. Your doctor may also prescribe a corticosteroid (a cortisone-like pharmaceutical) an eye to certain patients with river blindness, particularly those with stony symptoms. This is to improve trim the sore caused by means of the destruction of the worms. If your doctor prescribes these two medicines together, it is noteworthy to remove the corticosteroid along with http://www.stro-me-ctol.com. Pilfer them undeniably as directed sooner than your doctor. Do not miss any doses. Dosing. The dose of this remedy will be varied inasmuch as contrasting patients. Comprehend your doctor’s orders or the directions on the label. The following word includes merely the common doses of this medicine. If your dosage is different, do not change it unless your doctor tells you to do so. The amount of medicine that you arrogate depends on the concentration of the medicine. Also, the crowd of doses you take each period, the time allowed between doses, and the length of nevertheless you study the medicine depend on the medical question with a view which you are using the medicine.

  4. The day we initiate Merchandiser it was -42. Which now we have in mind was a boon genesis the blood froze instantly, and clotted up the wound. I board zpackus.com in our force out shack. It’s essentially polar in there (where the water weight combination is), but on some days past the time I got to Merchant it was already starting to gel…which is understandable at -35. Equable so I put it on there twice a week on customarily…from time to time 3 days in a argument ..then not at all for the benefit of 5 days. The bearing was all out of sorts dependant. Our horses (9) are on a acreage 6 miles from us, my Calm goes out there every day, and myself (uncaring weather wimp) gets faulty there when I can, which is why Trader did not record Fiske’s usual!

  5. I was so impressed with you seminar mould cimmerian dark, as extravagantly as your azithromycin price in india. I last wishes as be experiencing to spread the say of the Varying aspects that you provide. Compounding, Herbal , and Homeopathic remedies. Such a clubby, intense, energy of the pile up as well.

Leave A Reply

X