Técnicos da UFPR deliberam pela suspensão da greve da FASUBRA

398

Os técnicos e técnicas da UFPR votaram pela suspensão do movimento paredista da FASUBRA e manutenção do estado de greve, em assembleia geral realizada na manhã desta quarta-feira (13), no pátio da Reitoria da UFPR. O retorno às atividades se dará a partir de quinta-feira (14).

A decisão de manter a greve a greve até o dia 13 já havia sido tomada na assembleia geral do último dia 7. Na avaliação da base, a escolha mais acertada seria suspender a paralisação em 2017, devido ao fim do ano e ao desgaste do movimento paredista, iniciado há mais de um mês, no dia 10 de novembro. No entanto, foi mantido o estado de greve para a retomada das lutas em 2018, ano para o qual os ataques à carreira do serviço público foram postergados.

“É com muito orgulho que estamos aqui, na última assembleia de greve deste ano. É o momento de parabenizarmos cada um e cada uma que está aqui. Cada um e cada uma que parou desde o início da greve, e cada um e cada uma que aderiu depois. Não foi fácil, tivemos de enfrentar topo tipo de ameaça, de corte de ponto a pressão das chefias. Nós escolhemos fazer greve em 2017! Não só no ano que vem, esperando o ‘quanto pior, melhor’ dos que estão de olho nas eleições de 2018. Nós demos uma lição de como conscientizar a população”, disse a coordenadora de Administração e Finanças, Mariane Siqueira.
Como atividade final da greve, foi realizado um ato contra a Reforma da Previdência, com direito a ovada nos parlamentares favoráveis ao fim da aposentadoria, ontem (12), na praça Santos Andrade. Assista ao vídeo da manifestação.

Universidade pública ameaçada

Para a suspensão da greve, o Comando Local organizou uma mesa sobre o futuro da universidade pública, com a participação do professor da rede estadual Rodrigo Tomazini e do técnico da UFPR Marcello Locatelli, ambos da CSP-Conlutas.

São muitas as ameaças, tanto em relação à gratuidade da universidade pública quanto à autonomia das instituições e dos(as) profissionais da educação. Com a aprovação da PEC 55, hoje Emenda Constitucional 55, as universidades federais do país sofreram cortes orçamentários da ordem de até 35%, só em 2017.
O congelamento dos investimentos na educação abre espaço para que projetos como o do hoje prefeito do Rio de Janeiro (RJ), Marcelo Crivella, que determina a cobrança de taxas para as universidades públicas, sejam tirados da gaveta – o ministro da educação Mendonça Filho afirmou que é necessário retomar essa iniciativa, lembra Marcello Locatelli.

Paralelo a isso, movimentos de direita como o MBL difundem a falácia de que as universidades federais são “antros de playboys”, e que os pobres acabam pagando para os filhos dos ricos estudarem.
Marcello também alertou para a atuação dos órgãos de controle e da polícia dentro das universidades, com conduções coercitivas a reitores e pareceres sobre as contas que acabam determinando como a instituição deve realizar sua gestão.

Rodrigo Tomazini falou sobre o perigo de projetos como o Escola Sem Partido, que criminaliza professores(as) com a alegação de “doutrinação”. Iniciativas como essa têm somente o objetivo de impedir que uma geração de trabalhadores com pensamento crítico seja formada, pois o desejável para o capital é mão-de-obra braçal, que não contesta.

O próprio movimento das ocupações secundaristas do ano passado mostrou que os(as) estudantes têm iniciativa própria e capacidade de auto-gestão, resgatou Tomazini.

Compartilhar.

Autor

398 Comentários

  1. What i do not realize is if truth be told how you’re
    no longer really a lot more well-liked than you might be now.
    You are very intelligent. You understand therefore significantly on the subject of this topic, produced me in my view imagine it from numerous varied angles.
    Its like men and women are not fascinated until it is something to accomplish with Woman gaga!
    Your personal stuffs excellent. Always deal with it up! https://www.herpessymptomsinmen.org/where-to-buy-hydroxychloroquine/

  2. Pingback: cytotmeds.com

  3. Pingback: prednisone 60

  4. Pingback: canada hydroxychloroquine over the counter

  5. Pingback: dapoxetine brand name

  6. Pingback: low cost priligy

  7. Pingback: dating anime sim games free online

  8. Pingback: proair inhaler vs albuterol

  9. Pingback: hydroxychloroquine use in taiwan

  10. Pingback: what is the generic version of ivermectil

  11. Pingback: can i buy stromectol over the counter at walgreens

  12. Pingback: priligy brand name us

  13. Pingback: ibuprofen hcq

  14. Pingback: stromectol antiparasitic tablet

  15. Pingback: treat parasite infestations use

  16. Pingback: stromectol for pinworms

  17. Pingback: buy ivermectin otc

  18. Pingback: will ivermectin kill corona

Leave A Reply

X