Sinditest elege delegados para a Plenária da FASUBRA e debate conjuntura do país no Dia Nacional de Paralisação do TAEs

110

A Assembleia Geral aconteceu no Pátio da Reitoria da UFPR.

O Sinditest realizou Assembleia Geral nesta manhã para eleição de delegados (as) para a Plenária Nacional da FASUBRA que acontecerá no Rio de Janeiro nos dias 07 e 08 de março. Três delegados foram eleitos e irão representar os TAE’s da UFPR, IFPR, UNILA e UTFPR no encontro. A Assembleia integrou as atividades do Dia Nacional de Luta e Paralisação dos Servidores Técnico-administrativos que está ocorrendo neste 03 de março em diversas universidades pelo país.

Luiz Fernando Mendes, Max Dias e Maurício Souza serão delegados do Sinditest na Plenária Nacional da FASUBRA que acontece no próximo final de semana.

A paralisação dos TAE’s faz parte do calendário de lutas aprovado na última plenária da Federação e pretende chamar atenção do Governo Federal para a negociação da pauta unificada dos SPF’s na Campanha Salarial 2015. Dentre os principais itens da pauta dos TAEs estão o reajuste salarial linear de 27,3%, data-base, 30 horas sem redução salarial, pararidade de benefício entre os poderes e a revogação da EBSERH e FUNPRESP.

(Acesse aqui informações sobre a caravana para o ATO contra a EBSERH no RJ)

Após a Assembleia os trabalhadores participaram do Painel sobre a situação do serviço público federal. Érika Andreassy, do ILAESE, foi convidada pelo sindicato a apresentar uma análise da conjuntura política estadual e nacional. Érika pontuou que as manifestações de junho de 2013 abriram uma nova situação no país, iniciando vários processos de mobilização. “Nós estamos presenciando processos de luta muito importantes e é mais que necessário unificar as lutas e construir paralisações, construir greve geral, pra derrotar de fato os planos do Governo Dilma”, aponta.

Da esquerda para a direita: Carla Cobalchini (diretora do Sinditest), Érika Andreassy (ILAESE), Maria Aparecida Oliveira (diretora do Sinditest) e Carmem Luiza Moreira (diretora do Sinditest).

Segundo Érika não é por acaso que mal passou a eleição o Governo Federal já vem com um pacote de maldades que mexe nos direitos trabalhistas e previdenciários e penaliza os setores menos favorecidos, como é o caso da MP 664 e MP 665. Ela alerta que no serviço público o ataque também é muito forte, com a implantação de uma série de medidas, como por exemplo, as privatizações e o arrocho no funcionalismo público, e a tendência agora é que isso se aprofunde.

Eliton Carlos da Silva, diretor do SindSaúde-PR,  também compôs a mesa e passou informes sobre a greve dos servidores estaduais  da saúde. O sindicalista pontuou que nesse momento de duros ataques do estado e da União a única saída é unificar as reinvindicações, como tem acontecido com os servidores públicos paranaenses contra o Pacotaço de Beto Richa.

Para Mariane Siqueira, técnica administrativa da UFPR, a greve dos servidores estaduais já se tornou um exemplo nacional de luta. A servidora lembrou que o que os servidores do estado estão passando não é diferente do que os servidores federais estão passando. “Os ataques do Governo Dilma, os ataques do Governo Beto Richa e os ataques dos patrões em geral são todos pra fazer com que nós trabalhadores paguemos pela crise. Só que essa crise não é nossa. Enquanto os banqueiros estavam nesses 12 anos de governo do PT lucrando bilhões e mais bilhões, alguém veio perguntar pra nós se a gente queria dividir o lucro? Não, mas na hora de dividir o prejuízo os empresários querem que a gente pague esse preço”, recorda Mariane.

A diretora Carla Cobalchini agradeceu a presença de todos (as) e pontuou que a paralisação no dia de hoje já está superando as expectativas, passando o informe de que os servidores da UNILA, em Foz do Iguaçu, aderiram à Paralisação. O Dia Nacional de Paralisação convocado pela FASUBRA termina amanhã às 07 horas. Na tarde de hoje uma comissão irá visitar o acampamento da greve dos servidores estaduais para prestar solidariedade e apoio na luta.

Deu na IMPRENSA!

Assista AQUI a reportagem da Record News/Rede Mercosul sobre a Paralisação na UTFPR, UFPR, IFPR e UNILA !

Assista AQUI a reportagem da TV Tarobá sobre a Paralisação dos TAEs da UNILA, em Foz do Iguaçu!

TAEs de Curitiba e inteior do estado aderiram ao Dia Nacional de Luta e Paralisação.

ASCOM Sinditest

Compartilhar.

Autor

110 Comentários

  1. May I simply saү what a relief to uncover someone who
    genuinely understznds what they’re talking abkut over the internet.
    Yoou certainly realize hoѡ too bring an іssue to light and make it impoгtant.
    More people have to reaⅾ this and undeгstand this side of
    the story. Iwas surprised you aren’t more pοpular since yoou certainly have the gift.

    Here is my website – mature adult phone cchat (freedatingsiteall.com)

  2. Pingback: someone you know on tinder

Leave A Reply

X