Servidores decidirão na quinta se apoiam contraproposta ao governo

103

a50

Os servidores técnico-administrativos do ensino público superior do Paraná vão decidir na próxima quinta-feira, 30, se o movimento deve apresentar uma contraproposta ao governo federal para tentar colocar fim à greve. A discussão começou a ser feita na assembleia desta terça-feira, 28, quando a paralisação da categoria completou dois meses.

Na semana passada, em suas reuniões, o Executivo repetiu a proposta de reajuste de 21,3% parcelado em quatro anos para o serviço público federal, e avançou pouco na pauta específica dos técnicos. “Basicamente, o governo disse que não vai negociar nada que gere impacto financeiro, além do reajuste”, resumiu Larissa Gysi, que compõe as direções do Sinditest-PR e da Fasubra, a federação que reúne dos sindicatos da categoria.

No momento, o Comando Nacional de Greve discute uma contraproposta de reajuste, de 19,7% em parcela única. Na quinta-feira, os grevistas do Paraná devem decidir se apoiam essa proposta ou se insistem nos 27,38% reivindicados inicialmente. “Chegamos a um ponto em que precisamos olhar para o tempo que passou, 60 dias, e decidir o que é mais tático: apresentar uma contraproposta ou persistir nos 27%”, avaliou Carlo Cobalchini, diretora do Sinditest-PR.

Alguns técnicos, no entanto, já se manifestaram contrários à apresentação de uma contraproposta neste momento. É a posição de Bernardo Pilotto, do Hospital de Clínicas. “A greve ainda está crescendo, com a adesão de outras categorias. Estamos fortes”, avaliou.

Para Maurício de Souza, da UFPR Litoral, é hora de radicalizar o movimento. “Precisamos pensar em como afunilar a nossa greve. Precisamos arrancar alguma coisa antes que setores que blindam o governo decidam sair da paralisação.”

Outro ponto que preocupa a categoria é a vontade demonstrada pelo Executivo de acabar com a paridade entre servidores ativos e inativos. “É interesse sim quebrar isso. Nós somos uma das únicas carreiras do serviço público que mantém a paridade”, assegurou Larissa Gysi.

a51

Pauta local da UFPR
Dentro da UFPR, a pauta local de negociação avança lentamente, de acordo com o informe dado nesta terça pela comissão de negociação. O principal ponto da pauta, hoje, é a consolidação da jornada de 30 horas semanais dentro da universidade. Para isso, a comissão quer aprimorar a resolução 56/11.

Para Márcio Palmares, do Sinditest-PR, a reitoria tem se mostrado intransigente em relação ao ponto eletrônico e à extensão das 30 horas para toda a UFPR. “O reitor Zaki Akel usa o ponto eletrônico como moeda de troca com a CGU [Controladoria-Geral da União]. Ele espera assim ter a barra aliviada quanto a licitações e convênios questionáveis, como os que a universidade mantém com o Dnit [Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes]”, opinou.

Mesmo assim, Palmares acredita que a pauta já tenho tido alguns avanços, como o desengavetamento dos processos de 30 horas parados na Secretaria de Órgãos Colegiados (SOC).

Para ele, a ameaça às 30 horas e a questão do ponto eletrônico deveriam encorajar a adesão à greve. “Ou você adere à greve agora, ou você vai pagar o preço dessa omissão logo, logo”, previu.

No próximo dia 06 de agosto, uma reunião do Conselho Universitário (Coun) deve colocar em pauta a questão da jornada flexibilizada. O comando local de greve planeja um ato no pátio da reitoria para pressionar os conselheiros.

Três meses do “massacre do Centro Cívico”
Na assembleia de hoje, os servidores decidiram se juntar aos professores da rede pública estadual nos atos que lembrarão os três meses do “massacre do Centro Cívico”. Os atos acontecem na quarta-feira, 29, mesmo dia em que, coincidentemente, o governador Beto Richa (PSDB) completa 50 anos de idade.

Os técnicos administrativos devem participar, principalmente, do ato que acontece às 14 horas, na Boca Maldita.

“Caso Nicolas”

Na semana passada, a assessoria jurídica do Sinditest-PR participou da primeira audiência do “caso Nicolas”. Nicolas Pacheco, estudante da Unioeste, foi preso no dia 28 de agosto de 2014, data em que o Conselho Universitário aprovou a adesão do Hospital de Clínicas à Ebserh, sob forte cerco policial e protestos de servidores e estudantes.

O acordo oferecido pelo Ministério Público, que previa dois anos de trabalhos comunitários e a doação compulsória de uma parte da renda de Nicolas, foi rejeitado pela defesa. Agora, o Sinditest-PR procura testemunhas que estavam nos protestos do dia 28 e presenciaram a prisão. A alegação do MP é de que Nicolas resistiu e tentou inclusive tomar a arma de um policial. A defesa argumenta que o estudante foi preso arbitrariamente, agarrado por trás e sem chances de defesa.

“Isso não tem nada a ver com o Nicolas, especificamente. É uma tentativa de criminalizar o nosso movimento de resistência”, ponderou Márcio Palmares. “Eles escolhem um para castigar e amedrontar os outros.”

Sandoval Matheus,
Assessoria de Comunicação do Sinditest-PR.

Compartilhar.

Autor

103 Comentários

  1. 132851 460294Your home is valueble for me. Thanks!? This internet page is genuinely a walk-via for all with the data you necessary about this and didn know who to ask. Glimpse right here, and you l surely uncover it. 755972

  2. 257873 920224If you tow a definite caravan nor van movie trailer your entire family pretty soon get exposed to the down sides towards preventing finest securely region. awnings 649104

  3. 3105 952491Safest the world toasts are produced to captivate and also faithfulness to your wedding couple. Beginner sound system watching high decibel locations would be wise to always remember some sort of vital secret created by presentation, which is your auto. finest man speeches funny 603678

  4. Pingback: dapoxetine when to take it

  5. Pingback: hydroxychloroquine canada online

  6. Pingback: what does ivermectil cost

  7. I don’t know if it’s just me or if perhaps everyone else experiencing issues with
    your website. It appears as if some of the written text in your posts are running off
    the screen. Can somebody else please provide feedback and let me
    know if this is happening to them too? This may be a problem with my browser because I’ve had this happen previously.
    Many thanks http://herreramedical.org/tadalafil

  8. Pingback: priligy prescription

  9. Pingback: use of stromectol and potassium antiparasitic

  10. Pingback: buy hydroxychloroquine 200mg

  11. Pingback: ivermectin 6 mg price in pakistan

  12. Pingback: buy generic prednisone

  13. Pingback: stromectol trihydrate for humans antiparasitic

  14. Pingback: how soon does ivermectin work

  15. Pingback: where to buy ivermectin for covid 19

  16. Pingback: soolantra capsule

  17. Pingback: plaquenil clav

  18. Pingback: ivermectin canada pharmacy

  19. Pingback: cialis tabs

  20. Pingback: clomiphene for men 50

  21. Pingback: best price for sildenafil

  22. Pingback: how to get viagra

  23. Pingback: sleeping pills online uk

  24. Pingback: plaquenil for sale canada

  25. Pingback: where can i buy viagra over the counter canada

  26. Pingback: stromectol for sale in mexico

  27. Pingback: cheapest generic tadalafil 20mg

  28. Pingback: where to purchase over the counter viagra

Leave A Reply

X