Greve: Servidores (as) dialogam com a população alertando sobre a privatização dos HUs

0


Encampando o Dia Nacional de Luta em Defesa dos Hospitais Universitários, os (as) trabalhadores (as) panfletaram nesta manhã em frente ao Hospital de Clínicas da UFPR. Com a greve avançando para a terceira semana, a atividade de conscientização junto à população pretende elucidar o item da pauta que exige a revogação da Lei da EBSERH e reivindica a contratação de trabalhadores via RJU .

“Existem muitos problemas nos hospitais e a população em geral não tem consciência do que está acontecendo. A greve mostra, abre um processo de transparência dentro do hospital porque os trabalhadores durante a greve podem protestar e exteriorizar os problemas que estão lá dentro”, defende Max Dias Colares, que trabalha no Hospital de Clínicas. Segundo ele a EBSERH representa prejuízo à qualidade de assistência à população, uma vez que em seu plano diretor o que vale é essencialmente a demanda, os números, o lucro. “A EBSERH é um projeto privatizante do governo federal e que muda toda a estrutura dos Hospitais Universitários, uma vez que com a EBSERH é como se a universidades estivesse terceirizando esse serviço”, denuncia.

Estão em greve no momento os servidores técnico-administrativos de 64 universidades federais, numa adesão que já chega a quase 100%!

Adriana Possan
Assessoria de Comunicação do Sinditest

Compartilhar.

Autor

Leave A Reply

X