NOTÍCIAS

03/05/2017 - Geral / UTFPR

SINDITEST organiza seminário com representantes de base da UTFPR

Formação sindical, 30 horas e reposição de greve. Esses serão alguns dos assuntos discutidos pelos representantes da base da UTFPR na quinta e sexta-feira, dias 4 e 5 de maio. O encontro, promovido pela direção do Sinditest, tem por objetivo o alinhamento das demandas prioritárias aos trabalhadores e trabalhadoras desta instituição.

Para Carlos Pegurski, técnico administrativo da Universidade Tecnológica e um dos coordenadores-gerais do Sindicato, a participação dos(das) delegados e delegadas de base nos dois dias de evento é indispensável para o fortalecimento da luta. “Vivemos um momento de muitos ataques à classe trabalhadora, por isso, mais do que nunca, é muito importante que falemos a mesma língua. A intenção é que essas reuniões aconteçam com mais frequência”, afirmou.

Ponto de Greve

As técnicas e técnicos administrativos da instituição estão convidados a participar de uma reunião com a Reitoria. Em pauta, o ponto da greve de 2016. O assunto, que tem tirado o sono dos trabalhadores e trabalhadoras da UTPR, será discutido no dia 05 de maio, sexta-feira, às 9h30, no Gabinete do Reitor.

30 horas

Presidentes da subcomissão das 30 horas de todos os campi estarão reunidos em Curitiba em um Seminário para discutir esta questão junto aos representantes sindicais. A ideia é que juntos busquem uma solução para a intransigência da Reitoria, que não tem executado uma deliberação do Conselho Universitário.

Confira abaixo a programação do evento:

4 de maio (quinta-feira):

Das 8h às 12h: Café da manhã e formação: Movimento sindical: história e concepção
Das 12h às13h: Almoço
Das 13h às 15h: Continuidade da formação
Das 15h às 18h: Debate sobre ponto da greve de 2016 com apoio da assessoria jurídica

5 de maio (sexta-feira):


Das 9h30 às 12h: Reunião com a Reitoria sobre ponto da greve de 2016 (aberta a todos(as))
Das 12h às 13h: Almoço
13h: Reunião sobre 30h aberta aos presidentes ou representantes das subcomissões de 30h dos campi.

Silvia Cunha,
Assessoria de Comunicação e Imprensa Sinditest-PR.


Veja mais notícias UTFPR