NOTÍCIAS

11/04/2017 - Geral / UTFPR

UTFPR Curitiba elege seis delegados(as) de base



Na manhã desta terça-feira, dia 11, os servidores e servidoras da UTFPR câmpus Curitiba elegeram em assembleia geral da categoria delegados e delegadas de base. Assumem os cargos: Aline Rafaela de Almeida (PROPPG), Guilherme Ruthes (NUAPE), Luciene Maria Rozin Cremasco Marques de Lima (DIASE), Patricia Strapasson Piccinini (DIPSIS), Franciele Hernandes Manika (DIRGTI) e Cristiano Kusbick Poll (SEDUP/Ecoville). Todos os candidatos e candidatas foram designados por unanimidade, em votação realizada por contraste – mãos levantadas. Apenas seis das oito vagas disponíveis foram preenchidas. Uma nova assembleia, ainda sem data definida, será convocada para a escolha das novas candidaturas.

Para a direção do Sindicato, o(a) delegado(a) possui um papel importantíssimo: ele(a) tem vivência e competência para apresentar questões voltadas diretamente ao seu local de trabalho, é fundamental na identificação dos problemas e das suas causas e na definição de qual a melhor tática de luta para combatê-los. Também tem a função de, em momentos críticos, em especial de assédio moral, ser solidário(a) com seu(ua) colega de trabalho.  A ideia é alcançar cada portinha em que houver um(a) trabalhador(a), conversar, tirar dúvidas, acolher sugestões e/ou críticas.  A eleição desses representantes garante que os desejos e necessidades da categoria sejam manifestados, para que juntos, de forma participativa e democrática, sejam encontradas soluções para as questões apontadas.

Outros assuntos de interesse dos(as) TAE’s, como a implementação e a ameaça às 30 horas, também estiveram na pauta da assembleia, que discutiu ainda a importância da participação dos(as) trabalhadores(as) na paralisação do dia 28 de abril, data eleita pelas centrais sindicais para mobilização nacional contra a Reforma da Previdência, a Reforma Trabalhista e a Terceirização.

“Neste momento precisamos de unidade com todo mundo que quer lutar. Esta será uma paralisação muito importante, todos os setores da Fasubra, por exemplo, estão encampando as paralisações. Na nossa avaliação, o 8 de março e o 15 de março foram muito expressivos e mostraram para a sociedade que a classe trabalhadora está organizada. Esperamos que o dia 28 não seja diferente, precisamos ir às ruas lutar pelos nossos direitos”, afirmou Carlos Pegurski, um dos coordenadores gerais do Sinditest.

Delegados de Base

Uma cartilha, produzida com o intuito de informar a base acerca da Política de Organização por Local de Trabalho, esclarece as principais dúvidas sobre o processo eleitoral dos delegados(as) de base, bem como sobre a importância desses(as) filiados(as) na representação dos(as) colegas e no diálogo com a direção do Sindicato.

A publicação, distribuída nos locais onde já foram realizadas eleições, está disponível na internet e pode ser acessada neste link.



Silvia Cunha,
Assessoria de Comunicação e Imprensa Sinditest-PR


Veja mais notícias UTFPR